Home / Assistência Social / Carreta da Justiça encerra atividades em Douradina com 58 casamentos realizados

Carreta da Justiça encerra atividades em Douradina com 58 casamentos realizados

A equipe da Carreta da Justiça encerrou nesta sexta-feira (19) suas atividades no Município de Douradina.

Em parceria com a Prefeitura Municipal, a unidade móvel do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul ficou durante toda a semana estacionada em frente à Praça Ana Rosa da Silva, à disposição da população douradinense que necessitava dos serviços do Judiciário para resolver suas demandas.

A exemplo de como ocorreu no ano passado no Município e do que comumente acontece nas cidades atendidas pela Carreta da Justiça, o serviço mais procurado foi o reconhecimento de união estável e sua conversão em casamento. Nesta passagem da unidade em Douradina foram 58 casais atendidos com este serviço.

Das mais de 300 pessoas atendidas, houve ainda 05 pedidos de divórcio, 01 DNA, 33 atendimentos feitos pela Defensoria Pública, 64 novas ações abertas, além de outros 40 procedimentos entre atendimentos, consultas, informações e orientações gerais prestadas.

De acordo com o prefeito prof. Jean Sérgio Clavisso Fogaça, esta ação do Tribunal de Justiça foi mais uma vez de suma importância para a vida de muitas famílias douradinense. “Nos sentimos felizes por estarmos recebendo mais uma vez a unidade móvel do poder judiciário em nosso Município, pois esta ação evita que nossa população precise se deslocar até uma comarca sede na tentativa de solucionar suas pendências judiciais. Dessa maneira, essa é uma parceria que sempre traz grandes resultados para nossa população e isso é motivo de alegria para nós enquanto Administração Municipal”, destacou Fogaça.

 A Carreta da Justiça faz parte do programa Judiciário em Movimento – ação inédita no país, que completou um ano de existência no dia 24 de agosto – e tem recebido total apoio do presidente do TJMS, Des. Divoncir Schreiner Maran, desde o início.

Além disso, a Carreta tem jurisdição em todo o Estado e competência para apreciar e julgar todas as ações de natureza cível, criminal e juizados especiais distribuídas durante suas jornadas, assim como atuar em mutirões processuais, além de processos do Tribunal do Júri.

A carreta tem a estrutura de um pequeno fórum, com gabinete para o juiz, salas para Defensoria Pública e Ministério Público, recepção, espaço para advogado, além de copa e banheiros.

Sobre Flávio Narcizo

Assessoria de Comunicação Social Prefeitura Municipal de Douradina

Verificar também

Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente acontece nesta sexta-feira

Será realizada nesta sexta-feira, dia 19 de outubro, às 08h, no Centro de Atividades Múltiplas, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *